Recent Posts

Archive

Tags

5 mitos e verdades sobre o Câncer de Próstata


O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens, especialmente após os 50 anos de idade. Alguns dos sintomas que podem estar associados a este tipo de câncer incluem dificuldade para urinar, sensação constante de bexiga cheia ou incapacidade para manter a ereção, por exemplo. No entanto, como em muitos casos de câncer, este também pode não apresentar sintomas específicos e, por isso, é recomendado que após os 50 anos todos os homens façam o rastreio do câncer de próstata, através do exame do toque retal e o exame de sangue PSA. Embora seja um câncer relativamente comum e facilmente tratado, principalmente quando identificado precocemente, o câncer de próstata ainda gera vários tipos de mitos que acabam dificultando o diagnóstico. Isto diminui as chances de ser identificado precocemente e, consequentemente, reduz a taxa de cura. 1. Só acontece com idosos. MITO. O câncer de próstata é mais comum entre idosos, tendo maior incidência a partir dos 50 anos, no entanto, o câncer não escolhe idade e, por isso, pode aparecer mesmo em jovens. Assim, é importante sempre ficar atento ao surgimento de sinais ou sintomas que possam indicar problemas na próstata, consultando um médico responsável sempre que isso acontecer. 2. Ter PSA alto significa ter câncer. MITO. O valor aumentado de PSA, acima de 4 ng/ml, nem sempre significa que existe câncer se desenvolvendo. Isso porque qualquer inflamação na próstata pode causar um aumento da produção dessa enzima, incluindo problemas bem mais simples que o câncer, como a prostatite ou a hipertrofia benigna, por exemplo. Nesses casos, embora seja necessário o tratamento, é bem diferente do tratamento do câncer. 3. O exame de toque retal é mesmo necessário. VERDADE. O exame de toque retal pode ser desconfortável e, por isso, muitos homens preferem optar por realizar apenas o exame de PSA como forma de rastreio do câncer. Porém, existem vários casos de câncer registrados em que não existiu qualquer alteração dos níveis de PSA no sangue, mantendo-se iguais aos de um homem completamente saudável e sem câncer. Assim, o toque retal pode ajudar o médico a identificar qualquer alteração na próstata, mesmo que os valores de PSA estejam inalterados. 4. Ter próstata aumentada é o mesmo que câncer. MITO. O aumento da próstata pode, de fato, ser um sinal de câncer se desenvolvendo na glândula, no entanto, o aumento da próstata também pode surgir em outros problemas mais comuns da próstata, especialmente nos casos de hiperplasia prostática benigna. 5. Histórico de câncer na família aumenta o risco. VERDADE. Ter histórico de câncer na família aumenta o risco de ter qualquer tipo de câncer. No entanto, e segundo vários estudos, ter um familiar de 1ª linha, como pai ou irmão, com histórico de câncer de próstata aumenta até duas vezes as chances de o homem desenvolver o mesmo tipo de câncer. A Messina sabe que com saúde não se brinca, portanto estamos prontos para lhe atender.

Para agendar uma consulta, basta acessar o link: goo.gl/XtFNjY, Facebook ou telefone para 02030536709

  • Messina Clinic Youtube

© 2020 by Messina Clinic Ltd.