Recent Posts

Archive

Tags

Como se proteger do coronavírus


O coronavírus detectado na China, nomeado pelos especialistas como COVID-19, tem provocando inúmeros casos de infecções respiratórias, já que pode ser transmitido facilmente pelo ar através das gotículas de saliva e secreções respiratórias. Os sintomas do coronavírus são parecidos com os de gripe comum, podendo levar ao surgimento de tosse, febre, falta de ar e dor de cabeça. Uma vez que ainda não se conhece muito sobre a forma de atuação do vírus, as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) são que qualquer pessoa com sintomas que tenha estado na China ou em contato com alguém que possa estar infectado, coloque uma máscara e vá para o hospital. Quanto às pessoas sem sintomas, as orientações são especialmente de tentar se proteger contra uma possível contaminação, o que pode ser feito com medidas como: 1. Lavar frequentemente as mãos com água e sabão por, pelo menos, 20 segundos, especialmente depois de estar em contato com alguém que possa estar doente;

2. Evitar frequentar locais públicos, fechados e com muita gente, como shoppings ou academias;

3. Cobrir a boca e nariz sempre que precisar tossir ou espirrar, utilizando um lenço descartável ou a roupa, por exemplo;

4. Evitar tocar os olhos, nariz e boca frequentemente, principalmente se as mãos pareçam estar sujas;

5. Utilizar máscara de proteção individual para cobrir o nariz e a boca sempre que precisar estar num local público fechado;

6. Não compartilhar objetos pessoais que possam estar em contato com gotículas de saliva ou secreções respiratórias, como talheres, copos e escovas de dentes;

7. Evitar o contato com animais selvagens ou qualquer tipo de animal que pareça estar doente;

8. Cozinhar bem qualquer tipo de alimento, especialmente carne;

9. Manter os ambientes fechados bem arejados, abrindo a janela para permitir a circulação de ar. Que máscara devo utilizar?

Nas regiões fora de foco epidêmico, o uso de máscaras do tipo "máscara cirúrgica" é uma medida suficiente para atrasar a transmissão de qualquer tipo de vírus que se transmita pelas gotículas de saliva, como o coronavírus. Isso porque, na maior parte dos casos, essas máscaras cobrem o nariz e a boca, evitando que as gotículas de espirros e tosse não fiquem espalhadas pelo ar. No entanto, nas regiões de maior risco de infecção, em que já pode existir uma elevada carga viral no ar, é recomendado utilizar uma máscara do tipo N95, N100, FFP2 ou FFP3, além de óculos de proteção (para proteger os olhos). Este tipo de proteção geralmente é usada no local do foco da infecção e por profissionais de saúde em hospital, quando em contato direto com doentes infectados. Caso queira agendar uma consulta com um médico especialista da Messina Clinic, por favor acesse o link: goo.gl/XtFNjY ou telefone para 02030536709.

Fonte: Tua Saúde

  • Messina Clinic Youtube

© 2020 by Messina Clinic Ltd.