• Dra. Caroline Fontana

Você já Ouviu Falar nas Injeções de Emagrecimento ou “Skinny Jabs”?


Algumas celebridades aqui na Inglaterra começaram a postar perda de peso expressivas em suas redes sociais, dando crédito ao uso de certas injeções. Por isso, perca um tempinho aqui nesse artigo e vamos conversar um pouco mais para você ficar por dentro das novidades do mundo “infinito” do emagrecimento.


Vale lembrar aqui que, não existe saída milagrosa para o emagrecimento. Até mesmo a cirurgia bariátrica, que faz com que os pacientes percam quilos e mais quilos, ao final, cobra-se um preço muito alto: a desnutrição seletiva de certos elementos - como o Ferro e vitamina B12.

Sempre se questione ao ouvir técnicas novas. E, nunca se esqueça de que, para um bom plano nutricional, exercícios físicos e o acompanhamento com um profissional competente, são insuperáveis tanto para a perda de peso quanto para a manutenção do peso eliminado.


“Skinny Jab” é uma injeção em forma de caneta que se administra diariamente no corpo, uma vez ao dia. Essas injeções utilizam agulhinhas como as de insulina e são bem pequenas, com pouquíssimo desconforto ao injetar. Geralmente o ciclo de tratamento é feito de 4 em 4 semanas e o paciente deverá ser reavaliado pelo médico após 3 meses para analisar se perdeu peso ou não. O que se espera é que o paciente perca em média 5% do peso total em 3 meses. Algumas pacientes chegam a perder em torno de 6 a 8 quilos nas primeiras 4 semanas.


O nome do componente farmacêutico chama-se liraglutide. O que a grosso modo, é uma molécula naturalmente produzida pelo intestino humano! Essa substância (a liraglutida) produz uma sensação de saciedade o que leva (na maioria dos casos) ao consumo de menos calorias, e por sua vez, a perda de peso. Inicialmente essa substância foi inventada para tratar diabetes, mas em 2017 foi liberada para o tratamento da perda de peso aqui no UK.


Feliz ou infelizmente, essa injeção não está disponível para todo mundo, a indicação mais precisa seria um índice de massa corporal (IMC) maior ou igual a 30 (você calcula seu IMC dividindo seu peso atual pela sua altura ao quadrado). Clique aqui, caso queira saber o seu IMC. Dados como o peso e altura são registrados na consulta médica, além de algumas outras informações, uma delas inclui saber sobre algum distúrbio de tireóide que a paciente possa ter (o que contraindica o uso da liraglutida).


Junto ao tratamento sempre é orientado uma mudança no estilo de vida - o que inclui uma dieta balanceada e exercícios físicos - para o melhor aproveitamento do tratamento e para a perda de peso ser mais rápida e efetiva.

A liraglutida tem efeitos colaterais?


Às vezes, quando ocorre algum sintoma, o paciente pode sentir algum desconforto gastrointestinal, como náuseas ou até mesmo diarréia. E aquela perguntinha final, “onde posso conseguir esta caneta?” Bom, esta medicação só é prescrita por médicos, após a consulta, e se você preencher todos os pré-requisitos.