Mudança de Peso: Quantos Quilos é Normal Nosso Peso Variar Em Um Dia?



Quem nunca acordou se sentido muito mais leve - ou até mesmo viu que os ponteiros da balança marcavam um número menor do que o da noite anterior? Essa flutuação é algo totalmente normal e não significa necessariamente que você emagreceu (perdeu gordura) ou engordou (acumulou gordura). Basicamente, o peso de uma pessoa é a soma da gordura corporal, da massa muscular, da água, dos ossos e dos órgãos e tecidos que há no nosso corpo.

Porém, ao longo do dia, o peso médio de um adulto pode oscilar cerca de 2 kg, sendo que essa variação basicamente se resume ao quanto você comeu, bebeu, eliminou de fezes, urina ou suor (ao praticar exercícios).


Veja os fatores que interferem no peso:


- Ingestão de alimentos ou bebidas

Enquanto não é absorvido ou eliminado nas fezes ou na urina, tudo o que você consome pesa dentro do corpo. E depois do processo de digestão, se o número de calorias ingeridas for maior do que o que você gasta (balanço energético positivo), essa energia será estocada em forma de gordura - para acumular 1 kg de gordura, é preciso consumir aproximadamente 7.700 calorias a mais do que seu organismo gasta, ou seja, é improvável ganhar 1 kg de gordura em um dia. Uma dieta saudável e balanceada (equilibrando gasto e consumo ou gastando mais que consome) pode inibir uma flutuação significativa de peso ao longo do tempo.


- Consumo de sódio e carboidratos

Alimentos ricos em sal e carboidratos podem fazer com que seu corpo retenha líquidos. Assim, seu peso pode aumentar até que o inchaço diminua. Para minimizar a retenção hídrica, reduza o consumo de bebidas açucaradas e alimentos processados e adicione alimentos ricos em potássio e magnésio - que ajudam a equilibrar os níveis de sódio.


- A urina e as fezes

Nosso corpo utiliza alimentos e líquidos para hidratação e captação de energia e nutrientes. A sobra é expelida como muco, suor, urina e fezes, podendo causar uma ligeira oscilação no peso - por isso que é tão importante se pesar pela manhã, em jejum e após ter feito todas as necessidades.


- Exercícios

O gasto energético proporcionado pela atividade física pode resultar na perda de gordura em longo prazo (se houver uma boa alimentação, que promova o déficit calórico). No entanto, a redução do peso logo após um treino ocorre porque você perdeu água no suor, não gordura. Há uma diferença muito grande entre a perda de peso na balança (que é um número que considera tudo que há dentro do nosso corpo) e o emagrecimento (que é redução de gordura corporal). Quando realizamos exercício, nos alimentamos adequadamente e nos hidratamos corretamente, temos uma melhora na composição corporal - perdemos gordura e ganhamos músculos.


- Medicamentos

Alguns remédios fazem com que o corpo retenha água - e ainda há os que podem aumentar o apetite ou alterar o metabolismo. Se você acha que seu medicamento está afetando seu peso, fale com seu médico, pois ele pode ajudar você a controlar essa flutuação.


- Ciclo menstrual

Em alguns períodos do ciclo menstrual, a oscilação hormonal faz com que o corpo da mulher retenha mais água, resultando em um leve ganho de peso. Você pode notar que seu peso é um pouco mais elevado do que o normal no primeiro dia de sua menstruação. Mas fique tranquila, pois seu peso diário deve voltar à média alguns dias após o início do seu ciclo.


- Ingestão de álcool

O álcool não é processado da mesma forma que outras bebidas e alimentos, e isso pode levar mais tempo para que seu corpo o elimine. O álcool também retarda a digestão de outras substâncias, o que pode levar à retenção hídrica. Além disso, ele contém calorias extras que você pode não estar contabilizando em sua dieta, que vão ser estocadas como gordura.


Fonte: VivaBem