Recent Posts

Archive

Tags

Problemas Ortopédicos em Tempos de Pandemia



Com a chegada de uma pandemia inesperada a realidade de trabalho em modo home-office foi instalado, e muitas pessoas tiveram que se adaptar. Muitas vezes, por não ter um local de trabalho ideal dentro de casa, os problemas ortopédicos em geral, como dores na coluna, nas mãos e no pescoço começaram a aparecer.

Na medida do possível, é importante ter e manter um ambiente de trabalho funcional, com uma cadeira confortável, uma mesa que permita que os cotovelos se mantenham em um ângulo de 90º graus ao encostar os antebraços, além de apoiar o computador numa posição direta aos olhos, em que não precise forçar o pescoço (para cima ou para baixo) para olhar para o monitor, são alternativas para não sofrer com os problemas ortopédicos.

Além de buscar um melhor espaço para realização do trabalho, faça pequenas pausas, ande pela casa e pratique alongamentos. É possível sim, mesmo em casa, prevenir os problemas ortopédicos e ter uma vida mais saudável.


Como identificar os Problemas Ortopédicos?


Como podemos observar, cada problema ortopédico tem suas próprias características, e a intensidade dos sintomas são diferentes para cada pessoa. A dor tende a ser o sinal primário de quase todas as patologias citadas no artigo anterior, e pode ser localizada ou não, geralmente seguindo o padrão nervoso da área acometida. A limitação de movimentos também costuma estar presente, assim como inchaços, vermelhidão, calor e outros.

As causas também são variáveis e podem ser completamente distintas de pessoa para pessoa. A idade é algo relevante, já que as faixas etárias mais elevadas costumam sofrer mais com patologias reumáticas e até mesmo com traumas.

O primeiro passo para evitar os problemas ortopédicos consiste em busca de informação de qualidade e devida atenção aos sintomas. A ajuda especializada de um médico de confiança também contribuirá para evitar o agravamento dos mesmos. O tratamento envolve uma importante mudança nos hábitos de vida, aliado ao tratamento medicamentoso ou cirúrgico, caso necessário.


Fonte: https://doctorshoes.com.br/blog/saude/problemas-ortopedicos/