Recent Posts

Archive

Tags

Aneurisma cerebral: o socorro deve ser imediato

O aneurisma é a dilatação exagerada de uma artéria do corpo. O aneurisma cerebral é a dilatação das paredes das artérias intracranianas. Ele é mais frequente em mulheres entre 40 e 60 anos. O aneurisma pode se romper, causando hemorragia no cérebro. Nesse caso, o socorro deve ser imediato.


O AVC (acidente vascular cerebral) hemorrágico é a consequência de um aneurisma cerebral. Os aneurismas no cérebro surgem quando há uma região enfraquecida na parede de um vaso sanguíneo. Um aneurisma pode estar presente desde o nascimento (congênito) ou pode se desenvolver mais tarde, como depois que um vaso sanguíneo é lesionado.


A dor de cabeça não passa sozinha. É preciso ir logo ao hospital porque a hemorragia pode deixar sequelas graves e levar à morte. O tratamento depende de uma série de fatores.

É uma doença silenciosa, que não dá sintomas. Costuma ser descoberta quando a pessoa está investigando outro problema. Toda pessoa acima de 60 anos deve fazer um ultrassom abdominal. A doença é mais comum em homens acima de 55 anos.

Uma pessoa pode ter um aneurisma cerebral sem apresentar sintomas. Nesses casos, a doença só é identificada quando a pessoa passa por uma ressonância magnética ou uma tomografia computadorizada por um outro motivo.

Os sintomas também podem ocorrer se o aneurisma empurrar estruturas próximas no cérebro ou se romper (ruptura) e causar sangramento no cérebro.


Fatores de risco do aneurisma cerebral:

  • Pressão alta

  • Cigarro

  • Drogas

Sintomas do aneurisma cerebral:

  • Dor de cabeça súbita

  • Náusea

  • Vômito

  • Perda de consciência

  • Convulsão











  • Messina Clinic Youtube

© 2020 by Messina Clinic Ltd.